Loading...
Skip to content

Notícias

11/07/2017

Trabalho integrado das polícias civis de SP e PR prendem estelionatário

Terça-feira, 11 de julho de 2017 (11:45)

Na tarde de ontem (10/7), foi realizada uma ação conjunta em que policiais civis do Grupo de Operações Especiais e do Centro de Inteligência Policial de Araçatuba (Deinter 10) apoiaram o Centro de Operações Especiais de Curitiba/PR.

O trabalho em equipe resultou na prisão de um estelionatário e na apreensão de uma carga avaliada em R$ 137 mil, obtida por meio fraudulento, em Curitiba.

A empresa proprietária da carga, uma gráfica de Curitiba, já havia sido vítima do mesmo golpe outras vezes. Todavia, da última vez, conseguiu identificar a fraude. Um homem, de nome João Paulo, fazia contato com a gráfica, encomendava diversas mercadorias e realizava o pagamento por meio de cartão de crédito. No entanto, pouco tempo depois, o estelionatário entrava em contato com a operadora de cartões e pedia o cancelamento alegando que não havia realizado a compra. 

Em outro golpe anterior, foram comprados 156 volumes de sacolas promocionais, mas o funcionário percebeu a fraude e apenas 58 volumes acabaram sendo despachados, minimizando o prejuízo da vítima.

A Polícia Civil de Curitiba realizou contato com os policiais civis de Araçatuba, que imediatamente começaram as investigações.

A prisão ocorreu no centro da cidade, quando o criminoso retirava a mercadoria. Ele é pai do homem que realizava os pedidos  usando nome falso, no caso João Paulo, para praticar os golpes.

Com mandado de busca e apreensão, os policiais civis do GOE estiveram na residência do preso, onde encontraram talonários produzidos anteriormente pela mesma empresa-vítima, cartões de visitas em nome de João Paulo, baralhos promocionais e uma avaliação médica contendo um numero de telefone, o mesmo usado para ligar para Curitiba e realizar o golpe.

Fonte e foto: Deinter 10 - eov (c)

  • goe ara2.jpg