Loading...
Skip to content

Museu da Polícia Civil

Museu da Polícia Civil (Acadepol)
Praça Reynaldo Porchat, 219, Portão 1 da Cidade Universitária, 1º andar
(11) 3468-3360
museu.acadepol@policiacivil.sp.gov.br
Ver mapa

 

O Museu

 

O Museu da Polícia Civil encontra-se no Campus I da Academia de Polícia "Dr Coriolano Nogueira Cobra" -  Acadepol.

Sua finalidade é preservar e divulgar a história da Polícia Civil de São Paulo e subsidiar a formação dos alunos policiais.

Seu acervo reúne cerca de 2.000 itens.

Estão expostos instrumentos de crimes, fotos, produtos de roubos, drogas, máquinas de jogos ilegais,  documentos históricos, esqueletos, peças em cera com lesões de interesse médico-legal e de investigação policial, cenários com representações de locais de crimes, móveis e instrumentos utilizados pela Polícia Civil, desde a década de 50.

Também são encontrados ferramentas, objetos e documentos relacionados a investigações feitas pela Polícia Civil de São Paulo relacionadas a crimes contra a vida, o patrimônio e a dignidade sexual, entre outros.

Entre eles, há os utilizados em crimes famosos, como os do “Maníaco do Parque” (1998), do “Chico Picadinho” (1966), do “Bandido da Luz Vermelha” e do “Crime da Mala” (1928).

As visitas agendadas são acompanhadas por um monitor treinado, que oferece as informações necessárias para um melhor entendimento da importância dos objetos que compõem o acervo.

 

Visitas

 

Horário: de terça a sexta-feira, das 13 às 17hs, exceto feriados e pontos facultativos.
Entrada: gratuita.
Idade mínima: 16 anos (menores de 16 anos somente acompanhados dos pais ou responsável).

Agendamento prévio: é necessário somente para grupos.

 

Agendamento para grupos

 

- Escolas, faculdades, universidades e grupos organizados;

- Forças Armadas (Exército, Marinha e Aeronáutica);

- Instituições policiais;

- Instituições públicas e privadas;

- Autoridades e policiais de outros Estados do Brasil e de outros países; e

- Imprensa em geral.

Os agendamentos podem ser feitos pelo telefone (11) 3468-3360 ou através do e-mail museu.acadepol@policiacivl.sp.gov.br.

 

História

 

O Museu da Policia Civil foi criado em 1927. Inicialmente, recebeu o nome de Museu de Técnica Policial e de História do Crime e foi instalado no prédio da 1ª Escola de Polícia, localizado na Rua Visconde de Rio Branco, 541.

Foi legalmente reconhecido pelo Decreto Nº 4.715, de 23 de abril de 1930, no capítulo intitulado “Do Museu do Crime”.

Com o objetivo de ilustrar as aulas ministradas na primeira Escola de Polícia, o acervo foi constituído de objetos e armas utilizados em crimes, bem como de documentos ligados a atividades policiais, que fossem de interesse para o ensino policial.

Foi aberto à visitação pública em 1952.

O Decreto Nº 26.368/56 trouxe o novo regulamento da Escola de Polícia e alterou o nome do Museu, que passou a se chamar Museu de Criminalística.

Após, em decorrência de uma reforma administrativa da Secretaria da Segurança Pública, formalizada pelo Decreto Nº 52.213, de 24 de julho de 1969, a Escola de Polícia teve seu nome alterado para Academia de Polícia de São Paulo - Acadepol. No ano seguinte, 1970, foi inaugurada sua nova sede, na Praça Professor Reynaldo Porchat, 219, na Cidade Universitária. Em seguida, o Museu também foi transferido para lá, tendo início em 1975 a remontagem do Museu nesse novo local.

Então, em virtude da Resolução SSP Nº 93, de 17 de junho de 1992, do Gabinete do Secretário da Segurança, o Museu foi renomeado e passou a se chamar “Seção de Museu Criminal”, hierarquicamente subordinada à Assistência Policial. Após, com a edição do Decreto Nº 49.930, de 26 de fevereiro de 2005, recebeu o nome que mantém até hoje: “Museu da Polícia Civil”.

O Museu conta com dois importantes reconhecimentos. Em 1996, ele foi incluído no Guia dos Museus Brasileiros, pela Equipe de Banco de Dados sobre o Patrimônio Cultural da USP. Ainda, em 2006, foi incluído no Cadastro Nacional dos Museus, do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN).

O Museu foi ampliado, em 2013, quando passou a ocupar a área de aproximadamente 500m², no 1º andar da Acadepol.

Em 2014, com a reorganização da Academia de Polícia, ele passou a ser subordinado à Assistência Policial da Acadepol. 

 

Fonte: APCS/DGPAd e Acadepol 


Fotos

  • Identificação de pessoa - Retrato falado
  • Identificação de pessoa - Impressão digital
  • Identificação de pessoas - papiloscopia
  • Lab portátil local de crime
  • Identificação de pessoas - Tatuagem
  • Identificação de pessoas - Fotografação
  • Crime da mala
  • Arrombamento

Voltar