Loading...
Skip to content

Notícias

09/10/2019

Policiais Nota 10 do Estado são homenageados

Quarta-feira, 9 de outubro de 2019 (17h00)

WhatsApp Image 2019-10-09 at 16.55.56.jpegO governador João Doria e o secretário da Segurança Pública, general João Camilo Pires de Campos homenagearam, nesta quarta-feira (9), dez policiais civis da Capital e Piracicaba com o certificado “Policial Nota 10”. 

Em sua nona edição, a iniciativa, criada pela Secretaria da Segurança Pública, tem como objetivo reconhecer e estimular o bom trabalho policial em todo o Estado de São Paulo. A solenidade aconteceu na sede do Palácio dos Bandeirantes, localizado na zona oeste da capital paulista. 
 
Os casos que geraram destaques aos profissionais são de prisões de integrantes de organizações criminosas, traficantes e autores de crimes de tortura. 

O delegado Pedro Luís de Souza e o investigador Walter Luiz Donofrio Sobrinho, do 80° Distrito Policial (Vila Joaniza), foram homenageados pelo esclarecimento de um crime de tortura contra um adolescente, de 17 anos. O jovem foi agredido por dois seguranças de um supermercado, na zona sul, após tentar furtar uma barra de chocolate. O crime ocorreu em julho e os dois autores foram indiciados e presos no mês de setembro.

A equipe formada pelo delegado Carlos Battista e o investigador Marcos Pereira, da 6ª Delegacia da Divisão de Investigações sobre Entorpecentes (Dise), do Departamento Estadual de Prevenção e Repressão ao Narcotráfico, foram agraciados pelo comando da Operação Cracolândia 2019. Realizada em 22 de agosto, a ação resultou na prisão de 17 pessoas e na apreensão de 21 quilos de drogas, três armas, cinco celulares e R$ 800.

Integram a terceira equipe da Polícia Civil condecorada o delegado Fábio Pinheiro Lopes e o investigador João Fernando Gomes de Faria, da Divisão Antissequestro do Departamento de Operações Policiais Estratégicas (Dope). A dupla foi reconhecida pela ação que resultou na prisão de um traficante internacional e mais dois criminosos, no dia 14 de setembro, em Angra dos Reis, no Estado do Rio de Janeiro. Com o trio, foram apreendidos um helicóptero, avaliado em cerca de R$ 7 milhões, uma lancha avaliada em aproximadamente R$ 6 milhões e um veículo, modelo Tucson.

Também receberam o certificado os investigadores Heinrich Gergard Werner Giebeler e Guilherme La Ferrera, da 3ª Delegacia da Divisão de Investigações sobre Crimes contra o Patrimônio (Disccpat), do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic).  A dupla contribuiu para a prisão do homem responsável pela conexão entre traficantes da América Latina e uma organização criminosa. Ele foi preso em 7 de setembro, na cidade de Santo André, no ABC Paulista. 

Por último, foram homenageados o delegado Alexandre Socolowski e o investigador Jorge Luiz Bizarro Teixeira, da Delegacia de Investigações sobre Entorpecentes (Dise) de Rio Claro. Os policiais foram reconhecidos pela operação “A Grande Família”, que permitiu desarticular uma das mais tradicionais quadrilhas voltadas ao tráfico de drogas na cidade.

Fonte: SSP, com adaptações - dss (c)

NOVO_RODAPÉ.png